22/01/2021 às 19h10min - Atualizada em 22/01/2021 às 19h10min

Caiado anuncia mais cerca de 140 mil doses para vacinação contra covid-19

Remessa chega até segunda-feira (25/1)

A Redação
A Redação
 
Durante evento de inauguração da unidade de saúde mental do Ipasgo, nesta sexta-feira (22/1), o governador Ronaldo Caiado anunciou que o Estado irá receber 140 mil doses da vacina produzida pela Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca. Conforme ficou acertado entre os governadores, cada Estado deve separar 5% do total que chegar para uma "reserva de segurança". A ideia é evitar situações de colapso na saúde, como a enfrentada pelo Amazonas. Sendo assim, Goiás deverá contar com 132,5 mil doses do imunizante. 

Caiado explicou que a remessa de 2 milhões de vacinas chegará na noite desta sexta-feira (22/1) a São Paulo, de onde a carga será enviada ao Rio de Janeiro para ser submetida a análise técnica. As novas doses, que foram produzidas na Índia, devem ser distribuídas aos estados, segundo ele, entre domingo e segunda-feira. 
 
Caiado destacou que 132,5 mil pessoas serão beneficiadas com as novas vacinas, porque a segunda dose só deve ser tomada após 12 semanas - o que dará tempo de receber um novo carregamento. A distribuição segue sendo feita a partir do Plano Nacional de Imunização, reforçou o governador.

Estão incluídos na primeira fase de vacinação: os trabalhadores de saúde que atuam na linha de frente contra a Covid-19; idosos com 60 anos ou mais e pessoas com deficiência que vivem em instituições; além de indígenas aldeados. De acordo com Caiado, serão necessárias mais doses para suprir esse primeiro grupo. Segundo ele, o estado terá condições de sair do patamar de maior risco quando chegar a 1,6 milhão de pessoas imunizadas.

Em Goiás, a vacinação foi iniciada na última segunda-feira (18/1), em Anápolis. O Estado recebeu 183 mil doses da CoronaVac, tendo, assim, capacidade de imunizar, inicialmente, até 91 mil pessoas. O número considera vacinas para a primeira e a segunda dose de todos os imunizados.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp