08/04/2021 às 13h25min - Atualizada em 08/04/2021 às 13h25min

Cerca de 50 mil doses recém-chegadas a Goiás serão para aplicação de 1ª dose

30% será para profissionais de saúde

A Redação
Divulgação
Nesta quinta-feira (8/4), chegou a Goiás lote com mais 136.350 doses de vacinas contra a covid-19. De acordo com o governador Ronaldo Caiado, destas, 49 mil serão destinadas à aplicação de primeira dose. Além do atendimento por faixa etária, 30% das vacinas recebidas serão direcionadas a profissionais da área de saúde ainda não vacinados, como fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos etc., e 5% para atendimento de profissionais da segurança pública. 

Pela primeira vez, segundo Caiado, o carregamento de vacinas que chega a Goiás tem mais doses da vacina da AstraZeneca - chegaram 76 mil doses nesta quinta - do que da Coronavac. O governador revelou preocupação com o anúncio do Instituto Butantan de que faltam insumos para a produção de mais doses da Coronavac. A entidade teria o suficiente para mais 10 milhões de doses, sem previsão de quando será possível dar continuidade à produção depois disso. 

Secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino avaliou que só haverá plena segurança de toda a entrega necessária de vacinas quando os insumos para fabricação forem produzidos no Brasil. Por enquanto, eles são encomendados da China ou da Índia. Segundo ele, o Butantan convive, no momento, com a possibilidade de paralisar a produção e entregar apenas mais uma remessa de vacinas contra a covid-19. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp