16/04/2021 às 16h18min - Atualizada em 16/04/2021 às 16h18min

Duas regiões de Goiás deixam situação de calamidade, segundo mapa da SES-GO

Ao todo 36 municípios estão na zona considerada pela Secretaria de Estado da Saúde como crítica da pandemia

Por Eduardo Pinheiro

Duas regiões deixaram o estado de calamidade e ingressaram em estado de alerta nesta semana segundo mapa de calor divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde. Com isso, Goiás tem três regiões na zona laranja da pandemia. Isso quer dizer que os municípios englobados apresentaram melhoria nos índices estabelecido pela pasta para controle da pandemia. São elas: Pirineus, Rio Vermelho e Norte.

No entanto, segundo a pasta, as recomendações aplicadas em regiões classificadas como situação “crítica” ou de “calamidade” só poderão ser modificadas se a região apresentar melhora da situação por duas semanas consecutivas. Assim, a região que na semana anterior estava com situação de “calamidade” e nesta semana melhorou para “crítica” ou “alerta”, precisa manter as medidas de “calamidade” por mais uma semana.

Ao todo 36 municípios estão na zona laranja (ou crítica): Abadiania, Alexânia, Anápolis, Campo Limpo de Goiás, Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás, Gameleira de Goiás, Goianápolis, Pirenópolis e Terezópolis de Goiás, na região dos Pirineus. Americano do Brasil, Araguapza, Aruanã, Britânia, Faina, Goiás, Guaraita, Heitoraí, Itaberaí, Itapirapuã, Itapuranga, Jussara, Matrinchã, Mossâmedes, Mozarlândia, Nova Crixás e Santa Fé de Goiás, que compreendem a região do Rio Vermelho. Além de Bonópolis, Campinaçu, Estrela do Norte, Formoso, Minaçu, Montividiu do Norte, Mundo Novo, Mutunópolis, Novo Planalto, Porangatu, Santa Tereza de Goiás, São Miguel do Araguaia e Trombas, na região Norte. Esta última é a segunda semana que figura na zona laranja.

Por outro lado, a região de Serra da Mesa (que compreende os muncípios de Alto Horizonte, Amaralina, Campinorte, Colinas do Sul, Hidrolina, Mara Rosa, Niquelândia, Nova Iguaçu de Goiás e Uruaçu) teve piora nos indicadores e saiu da fase amarela para a vermelha.

As outras 15 regiões permanecem em situação de calamidade.

O mapa de calor da Secretaria de Estado da Saúde tem três fases: amarelo (situação de alerta), laranja (situação crítica) e vermelho (situação de calamidade).

   

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp