05/06/2021 às 01h01min - Atualizada em 05/06/2021 às 01h01min

Anvisa autoriza importação de vacinas Sputnik V e Covaxin com restrições

Só um grupo limitado de pessoas pode vacinar

A Redação
Reprodução
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, por 3 votos a favor e 1 contrário, a importação das vacinas Sputnik V, da Rússia, e Covaxin, da Índia, na noite desta sexta-feira (04/6). As doses podem ser importadas e distribuídas em caráter temporário e excepcional.
 
A agência salientou, porém, que autorizar a importação não é o mesmo que autorizar o uso emergencial destes imunizantes. Uma das condições impostas é a obrigação dos gestores de divulgar amplamente a informação de que essas vacinas não possuem avaliação da Anvisa quanto aos critérios de qualidade, eficácia e segurança.
 
Outra condição é que as vacinas sejam aplicadas em ambiente controlado e com condução de estudos de efetividade. Outra é que as doses devem ser aprovadas pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde. Os Estados deverão suspender a importação e o uso caso a Anvisa ou a Organização Mundial da Saúde (OMS) reprovem o uso emergencial dessas vacinas.
 
Além disso, apenas pessoas em bom estado de saúde poderão ser vacinadas com estes imunizantes. Não podem ser vacinadas pessoas soropositivas; que tenham hepatite B ou C; que tenham se vacinado no mês anterior; recebido imunoglobulinas ou hemoderivados três meses antes; que tenham recebido tratamentos com imunossupressores, citotóxicos, quimioterapia ou radiação 36 meses antes; que tenham recebido terapias com biológicos incluindo anticorpos anticitocinas e outros anticorpos.
 
Também não podem ser vacinadas pessoas com comorbidades nem mulheres grávidas, lactantes ou em idade fértil, nem aquelas que planejam engravidar nos próximos 12 meses.
 
O pedido de importação da Covaxin foi feito pelo Ministério da Saúde e o pedido da Sputnik V foi feito pelos governos estaduais da Bahia, Maranhão, Sergipe, Ceará, Pernambuco e Piauí.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp