13/04/2022 às 23h41min - Atualizada em 13/04/2022 às 23h41min

Suspeito de duplo homicídio em luau na zona rural de Ipameri é preso em Luziânia

Apesar do crime ter acontecido no domingo (10/4), a prisão foi executada apenas na noite desta terça-feira (12).

Dia Online
Divulgação

A Polícia Militar de Goiás (PMGO) conseguiu localizar e pender um homem de 27 anos, suspeito de matar um jovem e um adolescente de 13 anos durante um luau realizado na zona rural do município de Ipameri. O suposto autor do crime foi encontrado em Luziânia. Apesar do crime ter acontecido no domingo (10/4), a prisão foi executada apenas na noite desta terça-feira (12).

De acordo com as investigações, a festa, que aconteceu em uma chácara a cerca de 2 quilômetros de Ipameri, na zona rural, teve início na noite do último sábado (9). Entretanto, já na manhã do dia seguinte, o suspeito chegou ao local disparando tiros de arma de fogo contra os participantes do evento.

Do total de disparos efetuados, três pessoas ficaram feridas, onde duas delas foram a óbito. As vítimas fatais são um adolescente de 13 anos que morreu no local e o outro seria um jovem, com idade de 24 anos, com quem o suspeito tinha uma rixa por tráfico de drogas. De acordo com as investigações, o homem de 24 anos seria o principal alvo do suposto autor do crime.

 

A terceira vítima do autor dos disparos é uma adolescente que foi atingida com um tiro na perna. Ela, por outro lado, recebeu os primeiros socorros do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO) e foi encaminhada para o Hospital Municipal de Ipameri por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu).

Prisão do suspeito

Para localizar o suspeito, a Polícia Civil de Goiás (PCGO) divulgou uma imagem do suposto autor dos disparos. Após o compartilhamento da imagem e informações do suspeito e do crime entre as equipes lotadas em Ipameri e Luziânia, uma equipe da Polícia Militar, lotada no entorno do Distrito Federal, conseguiu localizar e efetuar a prisão do suspeito. O homem foi encaminhado para a delegacia de polícia onde segue detido pelo crime de duplo homicídio.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

A imagem e qualificação do suspeito foram divulgadas, conforme despacho do delegado responsável pela investigação, nos termos da Lei 13.869/19, Portaria 02/2020-PC,  nos termos da legislação e normas vigentes.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp