15/07/2022 às 15h15min - Atualizada em 15/07/2022 às 15h15min

Padrasto abusa sexualmente de enteada e alega 'a carne é fraca', em Anápolis

Crime foi descoberto após a mãe da vítima chegar mais cedo em casa e flagrar o homem praticando o abuso.

Dia Online
Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) prendeu um homem, de 45 anos, suspeito de abusar sexualmente da enteada, de 11 anos, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Segundo a delegada responsável, o crime foi confirmado pelo padrasto à mãe da menina, alegando que “a carne é fraca”.

Ainda de acordo com a corporação policial, o suspeito ficou em silêncio durante todo interrogatório. O crime foi descoberto após a mãe da vítima chegar mais cedo em casa e flagrar o homem praticando o abuso, na noite do último dia 25 de junho.

Após o flagrante o suspeito fugiu, porém foi detido nesta segunda-feira (11/7).

As investigações apontaram que o estupro aconteceu mais de uma vez, sempre quando a mãe da menina estava fora de casa, ou dormindo. De acordo com a Polícia Civil, para evitar que a vítima contasse sobre o crime, o suspeito ameaçou matar ela e a mãe.

 

A criança vinha apresentando alterações de comportamento observados pela mãe, suspeita que foi confirmada quando a mãe “flagrou” o companheiro seminu, durante a prática do ato sexual com a enteada”, relatou a corporação policial.

A mãe da vítima e o suspeito se relacionavam há cerca de quatro anos. Caso seja condenado, o homem pode responder por estupro de vulnerável.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp