Catalão Online Notícias Publicidade 1200x300
02/09/2022 às 17h08min - Atualizada em 02/09/2022 às 17h08min

Tempo seco e baixa umidade em Goiás acendem alerta para cuidados com a saúde

Possibilidade de chover em setembro é baixa

A Redação
Divulgação
O tempo seco e as altas temperaturas, características desta época do ano nas cidades goianas, podem causar ou agravar problemas de saúde como doenças de pele e infecções respiratórias. Dados do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo) alertam para a ocorrência de períodos de umidade relativa do ar abaixo de 20% nos primeiros dias de setembro.
 
De acordo com a pediatra Maysa Carvalho, o clima seco é irritativo para as vias aéreas de adultos e crianças por conta da baixa umidade, agravada pelo acúmulo de poluição e poeira no ar. Além disso, aqueles que já têm alguma doença alérgica, como rinite ou asma, precisam redobrar os cuidados. A principal orientação é aumentar a ingestão de líquidos para reforçar a hidratação.
 

Catalão Online Notícias Publicidade 750x90

 


 
“As vias aéreas ficam com o muco ressecado e, sem a sua proteção, aumentam as chances de infecção respiratória”. A pediatra cita cuidados que contribuem para a redução do desconforto e risco de infecções virais. “É preciso ingerir bastante líquido e evitar fazer atividades físicas no horário entre 11h e 16h. É essencial umedecer as narinas, pode ser com soro fisiológico ou fazendo a lavagem nasal”, orienta a médica.
 
Na tentativa de deixar o ambiente mais úmido, pode-se utilizar toalhas molhadas, umidificadores ou até mesmo deixar uma bacia com água no quarto. “Isso ajuda a reduzir os efeitos negativos da baixa umidade”, explica Maysa. A pediatra lembra alguns cuidados com a pele, que nesse período também sofre.

Catalão Online Notícias Publicidade 750x90

 


 
“A pele resseca muito, por isso não é recomendável tomar banhos quentes. É necessário hidratá-la, usar protetor solar e evitar se expor ao sol no momento de maior intensidade dos raios ultravioleta'', frisa. A médica alerta ainda que, caso haja algum sintoma como desconforto respiratório, tosse que não melhora ou febre persistente, o recomendado é procurar atendimento médico. “É sempre bom ter avaliação médica, caso haja persistência dos sintomas”, finaliza.
 
Setembro
De acordo com o gerente do Cimehgo, André Amorim, os prognósticos apontam que a probabilidade de ocorrência de chuvas, em Goiás, no mês de setembro é baixa. “Podem ocorrer pequenas áreas de instabilidade devido a influência da passagem de alguma frente fria pelo Brasil. E as temperaturas continuam elevadas no período da tarde”. Ao longo do mês, como destaca o gerente, a umidade relativa do ar pode cair ainda mais e chegar a índices de emergência, abaixo de 12%.
Link
Comentários »
Catalão Online Notícias Publicidade 1200x300
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp