15/09/2023 às 00h01min - Atualizada em 15/09/2023 às 00h01min

Projeto de recursos hídricos do Sudeste goiano é destaque no Seminário Internacional das Águas para o Futuro

Evento aconteceu em Rio Quente e teve em sua programação projeto de melhoria dos recursos hídricos das comunidades rurais de Catalão e Ouvidor

Divulgação
Aconteceu na tarde desta terça-feira (12), durante o segundo dia do Seminário Internacional Águas para o Futuro, em Rio Quente/GO, a apresentação do projeto “Melhoria na disponibilidade hídrica das áreas rurais de Catalão e Ouvidor”, resultado de uma parceria entre Universidade Federal de Catalão (UFCAT) e CMOC Brasil, apresentada no painel Desenvolvimento Sustentável: desafios e oportunidades com relação a água. O evento, que teve início no dia 10, recebeu representantes de 22 países e de outros estados brasileiros para palestras, oficinas e debates acerca dos recursos hídricos. 
 
A iniciativa, que representou o Sudeste goiano, viabilizará a construção de 200 bacias de contenção (cacimbas) em propriedades vizinhas às operações da CMOC Brasil nos municípios e a preservação de 12 nascentes, sob coordenação do Professor Dr. Rafael Ávila, e equipe de especialistas da UFCAT.

 
Juntas, as 12 nascentes que serão preservadas, equivalem a um estádio de futebol como o Cícero Pompéu de Toledo (Morumbi), com cerca de 95 mil m² de áreas melhoradas. Além disso, as cacimbas contribuirão para a captação de água pluvial (proveniente de chuva) para o lençol freático (formado por água subterrânea de pouca profundidade), para o abastecimento das propriedades rurais (com mais volume de água às famílias) e deve aprimorar a disponibilidade hídrica da região, estima-se chegar até 22m³, o suficiente para abastecer até 2.727 casas, com quatro pessoas cada, por um mês.
 
A ação será desenvolvida até junho de 2024, convergindo esforços de universitários, pesquisadores e especialistas da UFCAT, profissionais da CMOC e mais de 50 propriedades envolvidas. 
 
“A água é um dos temas destaque dos desafios de ESG (sigla que significa Meio Ambiente, Social e Governança) defendidos pelo CMOC Group. Internamente já temos desenvolvido uma série de ações a fim de otimizar e minimizar o consumo deste recurso. Mas, entendemos que nosso compromisso deve ser ir além e contribuir para o engajamento de todos. Juntos, fazemos mais e melhor! E este projeto é um exemplo disso, pois temos iniciativa privada, entes federais, estaduais e sociedade em prol de algo imprescindível e relevante para todos que é a água”, destaca Flávia Adorno, Gerente de Licenciamento e ESG da CMOC. 
 
Idealizado pelo Governo de Goiás, por meio da Semad (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável), em parceria com a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), o Seminário Internacional das Águas para o Futuro reúne profissionais engajados em propor trocas e apresentar inovações para recursos hídricos e outros compromissos relacionados ás mudanças climáticas, como zerar as emissões de carbono até 2050, apoiar esforços para desenvolvimento de matriz produtiva tecnológica, limpa e economicamente competitiva. Mais informações pelo site oficial.

 
Prof. Dr. Rafael durante apresentação do projeto - Foto Divulgação
 
 
 
 
Registro do painel Desenvolvimento Sustentável: desafios e oportunidades com relação a água - Foto Divulgação
 
 

Link
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp