09/07/2020 às 16h30min - Atualizada em 09/07/2020 às 16h30min

Servidores frustram a entrada de drogas e celular na UPR de Catalão

As ocorrências foram encaminhadas à Polícia Civil para investigação. Ilícitos estavam escondidos em alimentos e materiais de higiene

DGAP
DGAP
Servidores da Unidade Prisional Regional (UPR) de Catalão evitaram a entrada de substância entorpecente, aparentemente maconha, um celular e um carregador de telefone móvel no estabelecimento penal, na manhã desta quinta-feira, 09/07, dia de entrega particular de alimentos e materiais de higiene aos custodiados. Os flagrantes ocorreram em duas situações distintas, durante procedimento operacional de revista.
 
Na primeira ocorrência, de acordo com a 4ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), porções da droga estavam escondidas em sachês de tempero de macarrão instantâneo, levados pela avó de um dos custodiados do estabelecimento penal. Já na segunda ocasião, o aparelho celular e o carregador estavam escondidos em um frasco de shampoo, entregues à UPR pela mãe de um dos presos do local.
 
A direção da unidade abriu procedimento administrativo para apuração dos fatos, identificação e aplicação de sanções disciplinares aos destinatários dos materiais ilícitos, em conformidade com a Lei de Execução Penal (LEP). As ocorrências, apreensões e autoras das tentativas frustradas foram encaminhadas à Polícia Civil para investigação e providências legais necessárias.
 
O rigor posto pelos servidores da UPR na execução do procedimento de revista vai ao encontro das diretrizes da DGAP, pautadas em políticas penitenciárias do Governo de Goiás e da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado, para coibir a entrada de materiais ilícitos ao ambiente do cárcere.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp