09/12/2020 às 16h55min - Atualizada em 09/12/2020 às 16h55min

Saiba como Goiás se prepara para a vacinação contra Covid-19

Disputa por CoronaVac e indefinição do Ministério da Saúde acirra briga por imunizantes enquanto mundo caminha para iniciar imunização

O Globo
Foto: Reprodução
Em pronunciamento no Palácio do Planalto após uma reunião com governadores na última terça-feira, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que compete ao governo federal a definição de um plano de imunização e que "não podemos dividir o Brasil". Foi uma indireta para o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que anunciou o início da vacinação em seu estado para 25 de janeiro com o imunizante CoronaVac — ainda não aprovado pela Anvisa.

No meio deste cabo de guerra, cada estado busca uma estratégia no que o goiano Ronaldo Caiado (DEM) batizou de "corrida maluca" pela vacina.

 

Goiás

O secretário de Saúde do estado, Ismael Alexandrino, disse nesta terça-feira que espera começar a vacinação contra a Covid-19 a partir do final de fevereiro de 2021, por meio do Plano Nacional de Imunização (PNI), e planeja vacinar metade dos goianos até o meio do ano que vem. Ele informou que Goiás já comprou mais de 2 milhões de seringas e agulhas para garantir a aplicação. O governador Ronaldo Caiado (DEM) afirmou que o estado deve precisar inicialmente de pelo menos 1,8 milhão de doses.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp