17/12/2020 às 15h07min - Atualizada em 18/12/2020 às 00h00min

Castanhas, nozes e amêndoas: tudo o que precisamos saber sobre estas oleaginosas

SALA DA NOTÍCIA LUCAS WIDMAR PELISARI

As castanhas, nozes e amêndoas são alimentos que trazem muitos benefícios à nossa saúde. No entanto, existem alguns cuidados na hora de consumir e até na hora de comprar esses produtos.

Além de serem deliciosas, as oleaginosas ajudam a evitar 8 doenças graves. Essa afirmação foi feita por cientistas da Imperial College London, em parceria com uma universidade norueguesa de ciência e tecnologia. O estudo se tratou de uma revisão de 29 trabalhos, contabilizando mais de 800 mil pessoas avaliadas.

Quer aprender um pouco mais sobre oleaginosas? Aproveite para ler este texto até o final!


Imagem: https://www.pexels.com/pt-br/foto/alimento-amendoa-amendoas-avelas-1295572/ 

Como consumir castanhas, nozes e amêndoas?

As oleaginosas já são deliciosas sem nenhum incremento, não é verdade? Mas adicionar uma pitada de sal, ou até caramelizá-las, tornam as coisas mais interessantes.

O problema é que essas opções não são recomendadas por profissionais da saúde — principalmente as com sal.

A razão disso é que nós já consumimos elevadas doses de sal e açúcar em nosso dia a dia. Assim, ao invés de virem para diminuir isso, as oleaginosas agravam ainda mais o problema.

Então, a melhor maneira de consumir castanhas, nozes e amêndoas é in natura. Ou seja, sem nenhum incremento, seja doce ou salgado. Aliás, o momento ideal para esse consumo é nos lanches entre as refeições.

Posso comer castanhas, nozes e amêndoas à vontade?

De maneira nenhuma. Já dizia Paracelso “Só a dose faz o veneno”.

Antes de pegar um saquinho de oleaginosas para comer em frente à TV, lembre-se que elas possuem bastante gordura. Tudo bem que são gorduras boas, mas, mesmo assim, ainda ocasionam o aumento de peso corporal.

Além disso, como são ricas em diversos minerais, o excesso desses alimentos pode causar até intoxicação. Um exemplo típico é a castanha-do-Pará. Embora seja benéfica à nossa saúde quando em quantidades controladas, o excesso pode afetar até mesmo o sistema nervoso central, por causa do selênio.

A literatura médica não apresenta (até agora) casos de intoxicação causados por outras oleaginosas além da castanha-do-Pará. Mas, mesmo assim, é melhor tomar cuidado com a quantidade.

Quais são os benefícios das oleaginosas?

Os benefícios das oleaginosas dependem do alimento em si. Ou seja, cada uma delas possui uma composição diferente, o que altera a forma de atuar em nosso organismo.

Veja uma lista dos benefícios das principais oleaginosas!

Nozes

      Aumenta a capacidade de memorização;

      protege os neurônios;
 

      entrega bastante Vitamina E a nosso corpo; e
 

      até ajuda na prevenção de câncer.

Pistache

      Possui um alto valor de fibras, melhorando o funcionamento dos intestinos;

      é uma fonte formidável de Vitaminas E;
 

      possui efeito antioxidante, protegendo contra radicais livres; e
 

      apresenta bastante proteínas em sua composição.

Avelã

      Possui uma elevadíssima concentração de Ômega-9;

      atua na manutenção, regulação e prevenção de doenças ndo coração, artérias e veias;
 

      controla o açúcar no sangue; e
 

      fortalece a memória e o sistema nervoso central.

Castanha-de-caju

      Possui uma elevada concentração de proteínas;

      conta com diversos minerais interessantes para nosso organismo;
 

      atua como um antioxidante em nosso corpo — o que pode prevenir o câncer; e
 

      ajuda a regular a pressão arterial.

Castanha-do-Pará

      Possui elevadas doses de antioxidantes em sua composição;

      ajuda na circulação sanguínea pelo corpo;
 

      tem um efeito redutor de estresse; e
 

      ajuda a perder peso.

Do que preciso saber na hora de comprar?

Quando o assunto é comprar oleaginosas, a melhor maneira de fazer isso é optar sempre pelas embaladas. No entanto, se você só puder comprar a granel, o ideal é torrá-las antes do consumo.

O problema de locais que vendem castanhas, nozes e amêndoas a granel é o manuseio constante do produto. Assim, a chance de ocorrer contaminação é grande, e por isso devemos torrá-las. Além disso, é fácil perder a validade dos produtos vendidos a granel, o que também é um problema.

As oleaginosas são muito sensíveis: um valor elevado de umidade, por exemplo, pode causar a proliferação de fungos.

Se não tiver mais opções, procure comprar a granel de estabelecimentos onde a rotatividade de produtos é grande. Isso impede — um pouco — os problemas apresentados anteriormente. Leve em consideração sempre os pontos comerciais que armazenam em bins da NeoGranel®, pois são liberados e aprovados pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Além disso, a internet está aí para ser usada, não é mesmo? Você também pode comprar castanhas, nozes e amêndoas em lojas virtuais.

Quais doenças as castanhas, nozes e amêndoas afastam?

No estudo citado lá no início do texto, comentamos que 8 doenças graves podem ser evitadas pelo consumo de oleaginosas. Para conseguir esse benefício, basta comer um punhadinho por dia, de preferência misturadas.

O estudo apontou que, com um punhado de castanhas, nozes e amêndoas por dia, diminuímos o risco de:

      falecer em decorrência de infecção, em 75%;

      morte por problema renal, em 73%;
 

      mortalidade causada por diabetes, em 52%;
 

      morte por problemas respiratórios, em 39%;
 

      óbito ocasionado por doenças neurodegenerativas, em 35%;
 

      problemas no coração, artérias e veias, em 21%;
 

      morrer de câncer, em 15%; e
 

      falecer devido à derrame, em 7%.

O estudo é bastante interessante, não é verdade? Aproveite e compartilhe este conteúdo com seus amigos!


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp