20/01/2021 às 11h41min - Atualizada em 20/01/2021 às 11h50min

Covid-19: conheça a história da primeira profissional vacinada na rede SUS da capital

Helen Cristina é técnica de enfermagem e trabalha no Hospital Municipal Dr. José Soares Hungria, em Pirituba

SALA DA NOTÍCIA www.GazetaDaSemana.com.br
www.SalaDaNoticia.com.br
A vacinação contra a covid-19 na rede pública de São Paulo começou nesta terça-feira (19) com a aplicação da vacina na técnica de enfermagem Helen Cristina de Camargo Seixas Pacheco, de 46 anos. “Sinto um misto de emoção, gratidão, alívio e esperança”, disse Helen, a primeira profissional de saúde vacinada na campanha da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Helen está entre os 500 mil profissionais da saúde da capital. Ela trabalha no Hospital Municipal Dr. José Soares Hungria, em Pirituba, na linha de frente do enfrentamento à pandemia de covid-19, ao lado de tantos outros profissionais que atuam na assistência direta a pacientes com covid-19. Esses serão os primeiros a receber a primeira dose da vacina do Butantan.

Num primeiro momento, a SMS vai vacinar os profissionais que atuam em hospitais (enfermarias e UTIs covid-19) públicos e privados, prontos-socorros, UPAs, AMAs, UBS (profissionais da ponta para atendimento de sintomáticos respiratórios) e os profissionais que trabalham no SAMU Resgate. Serão vacinados também 14 mil idosos residentes em Instituições de Longa Permanência (ILPI) e 1.800 indígenas.

“Fico lisonjeada em ser a primeira pessoa a receber a vacina aqui no hospital (de Pirituba), gostaria que todos tivessem a mesma oportunidade que estou tendo hoje”, disse a técnica de enfermagem. Helen destacou a importância do SUS na campanha e no enfrentamento à pandemia. “É uma peça-chave, uma peça fundamental. Todo mundo tem que estar engajado para salvar vidas, principalmente dar condições de trazer a vacina para as pessoas”, afirmou.

Carreira na saúde
Helen começou a trabalhar cedo na área da saúde. Fez curso de auxiliar de enfermagem aos 18 anos e desde então trabalha no Hospital Geral de Vila Nova Cachoeirinha, da Secretaria de Estado da Saúde. Depois entrou na rede municipal de saúde, como técnica de enfermagem no Hospital Municipal Dr. José Soares Hungria, em Pirituba.

Hoje com 46 anos, sobra experiência e conhecimento para Helen, mas enfrentar uma pandemia surpreendeu a todos. “A gente pode presenciar o sofrimento não só dos colegas de profissão e dos pacientes, mas também dos familiares, que não podem estar presentes, não conseguem ver seu ente querido. É muito difícil, mas nós estamos na luta, vamos continuar lutando e nos prevenindo contra a covid-19.”

Helen lembra com emoção dos cuidados com o pai, que está internado no Hospital de Pirituba, intubado, se recuperando da covid-19 após ficar em estado grave. “Não perdemos a esperança e graças a todos os profissionais que cuidaram do meu pai com toda dedicação e comprometimento, ele está se recuperando. Logo ele vai estar em casa com a gente”, contou.

A técnica de enfermagem deu um recado importante após receber a primeira dose da vacina: “Continuem se protegendo, a covid não está brincando com a gente, portanto, não brinquem com o vírus. E se tiverem oportunidade, tomem a vacina”.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp